3.5 1 1 1 1 1 Rating 3.50 (2 Votes)

Tudo que é em excesso não presta.

 

O fiel da balança está no meio;
O bom senso não está nos extremos;
Nem tanto, nem tão pouco;
Um é pouco, dois é bom e três é demais;

TEMOS LEIS DEMAIS!

Querer escrever uma lei que contemple todas as situações possíveis sobre determinado assunto é impossível. É como querer dizer quantos números tem de "0" a "1" [não me façam ter que explicar isso!!].

Tudo que precisamos, é de um conjunto enxuto dos princípios essenciais para a convivência em coletividade. E já temos isso, a CONSTITUIÇÃO [que diga-se de passagem, tem que melhorar muita coisa, mas isso é assunto pra outro tópico]. Além disso, é preciso de alguém para interpretá-la e extender seus princípios para as situações necessárias. Já temos isso também, são os JUÍZES [e os porteiros rsrsrs].
Qualquer coisa além disso é exagero, é "burrocracia", "burrologia", etc.
É claro que dessa forma, erros e injustiças continuariam a ser cometidos, como acontece hoje. Somos humanos e como seres de falta que somos, sempre estaremos sujeitos a isso.

E FUNCIONA?

Vamos fazer um paralelo sobre o complexo e infeficaz conjunto de regras e leis escritas no nosso país com a simples e inapelável lei dos homens maus:

CÓDIGO PENAL BRASILEIRO
FATO: apropriação indébita que políticos e empresários fazem todo dia, o tempo todo.
CONSEQUÊNCIA: pizza. Mentir é um direito, se recusar a responder é um dever, pra ser extraditado, tem que concordar, assumir que é culpado reduz a sentença... [piada né?]

FATO: roubo, assalto a mão armada, estupro, homicídio, latrocínio e todos os demais tipos de barbarie que nem precisariam de julgamento.
CONSEQUÊNCIA: preenchimento de mal-feitos relatórios pelos policiais, até porque se desse em alguma coisa diferente, como esses criminosos conseguiriam uma ficha criminal tão extensa. Com páginas e páginas de crimes fichados era pro sujeito ter pra mais de 50 anos. [Nunca vi !]

FATO: toda a sorte de crimes cometidos por ininputáveis (e olha que a lista é grande: menores de 16, silvículas, os mentalmente incapazes, loucos, psicopatas, etc).
CONSEQUÊNCIA: vai pra uma instituição de recuperação custeada por algum mané assalariado.

CÓDIGO DOS "HOMENS MAUS"
FATO: "aviãozinho" vende a droga e fica com o dinheiro da venda (apropriação indébita).
CONSEQUÊNCIA: pizza de presunto, no caso o "aviãozinho".

FATO: roubo, assalto a mão armada, estupro, homicídio, latrocínio e todos os demais tipos de barbarie contra outro criminoso.
CONSEQUÊNCIA: morte garantida. E não tem esse negócio de IML, identificação de cadáver, reconstituição do crime e etc. Deixa isso pra algum mané assalariado fazer.
 
FATO: toda a sorte de crimes cometidos por ininputáveis (e olha que a lista é grande: menor de 16, silvículas, mentalmente incapazes, loucos, psicopatas, etc).
CONSEQUÊNCIA: inimpu... o quê? mata logo esse bunda rachada aí!

É TRISTE MAS É VERDADE!!!

1 1 1 1 1 1 Rating 1.00 (1 Vote)

Vocês já pararam para saber a quantidade de partidos políticos no Brasil?

Bem, não dá pra ficar acompanhando isso, mas de 2015 pra hoje a lista deve estar maior: [normal, bora formar um!]

#partiuarranjarumaboca

boris

5 1 1 1 1 1 Rating 5.00 (2 Votes)

Ter e não precisar, é melhor do que precisar e não ter...

armamento

Estar armado é na pior das hipóteses, ter opções mais dignas frente aos bandidos, do que implorar de joelhos pela própria vida.

O encontro com criminosos não acontece por nossa escolha, a escolha é sempre dos "disgracentos", que vêem ali, a possibilidade de tirar uma sorte grande ou no mínimo levar alguma vantagem.

E o quê os fazem pensar assim?

O fato de "estarem armados". Sim, é o grande trunfo desses desgraçados, dos menos violentos aos mais cruéis, daqueles que precisam ser varridos da face da terra, dos que cometem os crimes mais nocivos, os de consequências mais trágicas.

Esses putos estão certos! Visto que, são mínimas as chances de encontrarem uma vítima armada, e menor ainda, a de serem devidamente enquadrados*, graças aos órgãos de direitos humanos, que fazem um trabalho primoroso no sentido de inverter conceitos, fazendo com que criminosos se tornem vítimas, vítimas, pessoas más e sem coração, incapazes de perdoar, e os policiais, coitados, carrascos quando se atrevem a cumprir sua primeira função, e matam esses merdas.

... Que prender o quê, que reintegração a sociedade o quê, "vala neles", deveria ser simples assim.

Mas do jeito que tá, o crime compensa. Ser preso e liberado em seguida por um sistema carcerário super lotado, compensa; Tomar uns cascudos dos policiais e ir pra casa no mesmo dia, compensa; Ora, isso é muito pouco para baixar os índices de criminalidade, além do que, os jornais e afins, dão prova cabal de que a justiça no Brasil é cega, lenta, e de braços curtos [e provavelmente manca de uma perna].

... Criminoso prefere casa sem alarme pra invadir, assim, também prefere vítimas sem armas.

Por isso vamos nos armar e dar muito tiro, pra ter a certeza de não errar o alvo quando tivermos a chance, diminuindo essa corja, que já aprendeu faz tempo que o crime compensa!!!

*Enquadrar: neste contexto, matar o cabra, crivar de bala, de preferência com a devida condecoração, e reconhecimento da sociedade e da família da vítima, que se viram livre do estorvo.

1.5 1 1 1 1 1 Rating 1.50 (2 Votes)

Sim, existem pessoas que fazem diferença! Para os homens, é um alento saber que existem mulheres como Aline Morais, Giovanna Ewbank, Paloma Bernardi, ainda que não façam parte do nosso convívio, assim como para as mulheres a existência de pessoas como Reinaldo Gianecchini, Bruno Gagliasso também fazem o mesmo efeito.

O contrário também é verdade, tem pessoas que invadem nossas vidas sem nosso consentimento, só pra nos "azucrinar". Haja "saco"!. Dentro deste pensamento, pergunto, quem são os "MAIS" e os "MENOS" do Brasil? Eu comecei a lista assim:

                           Para os MAIS                       Para os MENOS

                                                 

4.5 1 1 1 1 1 Rating 4.50 (2 Votes)

O MAU DO BRASILEIRO É A SOBERBA

soberba

O Povo Brasileiro não é humilde. Esse é o seu mal. Mas a culpa não é nossa, pelo menos não a maior parte. O maior responsável por isso, [ah, mas de novo?] também é o Governo, que com seu discurso demagogo e mentiroso, ilude o povo, fazendo-o acreditar que saímos da condição de país do 3º mundo [e caindo...].
Afirmações como:
Não somos subdesenvolvidos, somos um país em desenvolvimento;
Somos a ?ª economia do mundo;
Somos o celeiro do mundo;
Somos o pulmão do mundo;

E tantas outras...
Fazem o povo acreditar e comparar o Brasil de forma equivocada, a outros países de 1º mundo.

Um governo irresponsável pode facilmente afirmar e dar elementos que embasem afirmações de excelência, sem que isso seja realmente verdade. Defender uma idéia com argumentos não palpáveis, é princípio dos políticos ("Demagogos Sapiens" por essência) e de qualquer ser-humano em situações rotineiras na vida, por mais absurda que sejam, desde o homem infiel ou corrupto, dizendo que a marca de baton ou o dinheiro na cueca, são brincadeiras dos amigos, até os criminosos de colarinho branco, negando que aquela conta na suíça em seu nome, não é dele. [isso pode Arnaldo???]

Temos que adequar o padrão de comparação para a nossa realidade:
Brasil com Moçambique, Uruguai, Paraguai, Colombia, Líbia, Bolívia, Haiti, El Salvador...e coisa pior!

Dos países mais desenvolvidos, o Brasil deve ocupar o ... sei lá que lugar, mas com certeza é mais fácil achar o nosso pobre país olhando a lista de baixo pra cima...

É PHODA!!!